Início / Luta de Classes | Ver Mais / Solidariedade da Esquerda Marxista com Boulos, contra ameaças do DEM e PSDB

Solidariedade da Esquerda Marxista com Boulos, contra ameaças do DEM e PSDB

O deputado federal José Carlos Aleluia (DEM) entrou com uma representação na Procuradoria da República pedindo a prisão do companheiro Guilherme Boulos, coordenador nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST). O deputado o acusa de “incitação ao crime” e “formação de milícia privada”.

 

O deputado federal José Carlos Aleluia (DEM) entrou com uma representação na Procuradoria da República pedindo a prisão do companheiro Guilherme Boulos, coordenador nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST). O deputado o acusa de “incitação ao crime” e “formação de milícia privada”.

Nas redes sociais, o companheiro Boulos explicou e pediu apoio. No pedido de prisão o deputado “Referiu-se a uma declaração que dei de que o país pegaria fogo com greves e ocupações de fossem adiante com os ataques”.

Depois, o PSDB também entrou com outro pedido de prisão contra o companheiro Boulos por incitação ao crime, “por ter feito uma fala quarta no palácio do Planalto (lançamento do Minha Casa 3) dizendo que haverá resistência”.

Abaixo, a mensagem de Boulos:

Caros/as companheiros/as,

Na medida em que as mobilizações em defesa da democracia e dos direitos sociais têm se intensificado nas últimas semanas vem a reação da direita.

Ontem, o deputado José Carlos Aleluia entrou com uma representação na Procuradoria da República pedindo minha prisão por “incitação ao crime” e “formação de milícia privada”. Referiu-se a uma declaração que dei de que o país pegaria fogo com greves e ocupações de fossem adiante com os ataques.

Hoje, o PSDB entrou com uma segunda representação por “incitação ao crime” por ter feito uma fala quarta no palácio do Planalto (lançamento do Minha Casa 3) dizendo que haverá resistência.

É uma ofensiva no sentido da criminalização. 

A orientação dos advogados do movimento foi tentar dar a maior visibilidade possível e demonstrar reação (mesmo que pelas redes) para evitar alguma ação arbitrária, tal como prisão preventiva.

Peço então aos que possam que divulguem em suas redes sociais e ajudem a denunciar. Deve sair um manifesto de repúdio no início da semana. A Laura Carvalho está organizando.

Valeu!

Abraço,
Guilherme Boulos”

A Esquerda Marxista pede a todos seus militantes e apoiadores, simpatizantes e amigos que divulguem o mais amplamente esta nota de solidariedade e denúncia deste ato de criminalização da política. Especialmente, divulguem nos sindicatos, locais de trabalho e escolas. DEM e PSDB pretendem um Estado onde ninguém tem opinião exceto eles e seus patrões, os capitalistas. Nós os derrotaremos.

 

Deixe seu comentário

Leia também...

Reforma foi adiada por debilidade do governo, não pela pressão das centrais sindicais

Fala do militante da Esquerda Marxista, ex-vereador e ferroviário Roque Ferreira em ato organizado dia …