Início / Luta de Classes | Ver Mais / Sem os advogados de defesa o STF condena José Dirceu e Genoíno a 10 anos e 10 meses de prisão: uma monstruosidade!

Sem os advogados de defesa o STF condena José Dirceu e Genoíno a 10 anos e 10 meses de prisão: uma monstruosidade!

 

O STF acaba de concluir pela “dosimetria” ou, em linguagem de gente, pela fixação da pena de Genoino e José Dirceu. O julgamento foi de tal ordem que o Ministro revisor declarou o seguinte (http://www.estadao.com.br/):

O STF acaba de concluir pela “dosimetria” ou, em linguagem de gente, pela fixação da pena de Genoino e José Dirceu. O julgamento foi de tal ordem que o Ministro revisor declarou o seguinte (http://www.estadao.com.br/):

Lewandowski se diz surpreso com o fato de Barbosa ter feito a inversão sem comunicar os demais. “Eu não aceito surpresas, senhor relator. A imprensa está surpresa porque anunciou que seria o núcleo bancário. Não é possível procedermos desta forma. Eu estou surpreendido, os advogados, e seguimos regras, da publicidade e da transparência”, criticou o revisor.

O site do jornal O Globo (http://oglobo.globo.com/pais/lewandowski-sai-do-plenario-do-stf-apos-discutir-com-joaquim-barbosa-6706085) relata que o Ministro Lewandowski reclama que nem os advogados dos réus foram avisados e que não estavam presentes! Ou seja, algo que se garante a qualquer pessoa processada, que é ser avisada sobre o andamento de seu processo, não foi feito!

— Toda hora V. Excia. vem com uma surpresa! V. Excia. está surpreendendo a todos. O advogado do réu não está aqui! Vim de São Paulo, saindo de uma banca de mestrado, se eu soubesse… — exasperou-se Lewandowski, que não poderia votar nesta dosimetria, já que absolveu o réu pelo crime. ( http://www.estadao.com.br/)

Sim, a sanha da burguesia não tem limites. Para entender melhor o assunto, podemos ver a entrevista do “domínio do fato”, o jurista alemão Claus Roxin, não deixa dúvida a respeito da forma totalmente “inusitada” como foi aplicada sua teoria aqui (http://www.brasil247.com/+g74te):

Folha — É possível usar a teoria para fundamentar a condenação de um acusado supondo sua participação apenas pelo fato de sua posição hierárquica?

Roxin — Não, em absoluto. A pessoa que ocupa a posição no topo de uma organização tem também que ter comandado esse fato, emitido uma ordem. Isso seria um mau uso.

Sim, nada usual este julgamento. Apenas uma certeza: a burguesia tem pressa, porque sabe que a classe operária vai cobrar. 

Deixe seu comentário

Leia também...

A juventude no lançamento do livro Stalin, de Leon Trotsky

Repercussão do lançamento da edição brasileira em São Paulo No dia 4 de outubro de …