Início / Artigos / Outras Análises | Ver Mais / Sindical / Professores RJ: Organizar o dia 28 de abril nas escolas e pela base

Professores RJ: Organizar o dia 28 de abril nas escolas e pela base

Maria Eduarda morreu dentro dos muros da escola. Essa é a nossa realidade! Como se não bastasse a insegurança de não receber salário, de não conseguir se aposentar, de não termos condições de realizar nosso trabalho com qualidade, ainda temos que lidar com o medo de que professores, estudantes e funcionários não retornem para casa após as aulas. O mal-estar gerado por essa barbárie que nos persegue é tão grande que chegamos a adoecer. Mas não vamos nos acomodar!

Vamos transformar nossa indignação em organização e luta. No dia 15 de março, os profissionais da educação de todo o país foram às ruas junto aos demais sindicatos e juventude com grandiosas manifestações de força contra os ataques que Temer está tentando nos impor: Reforma do ensino médio, reforma da previdência, reformas trabalhistas, terceirizações irrestritas e tantos outros golpes contra a classe trabalhadora. Precisamos seguir mobilizados até que todos esses ataques sejam retirados.

As Centrais Sindicais convocaram uma Greve Geral para 28 de abril em todo o território nacional. A Corrente Sindical Esquerda Marxista se junta a este chamado. No Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do RJ (SEPE), e demais sindicatos, as assembleias necessitam votar aprovação da greve no dia 28/04, e organizar os trabalhadores desde a base, desde os locais de trabalho. O SEPE, e demais sindicatos, precisam aprovar também um apelo para que a CUT e demais Centrais convoquem um grande Encontro Nacional da Classe Trabalhadora para decidir a continuidade da luta. Parar dia 28 de abril vai abalar Temer e o Congresso, mas é preciso derrubar todos eles!

É importante que o SEPE organize nossa participação no dia 28, discutindo com toda comunidade escolar (funcionários, responsáveis, pais e estudantes) e explicando nossa resistência aos Governos Temer e Pezão.

Fora Temer e o Congresso Nacional! Fora Pezão!

Todos juntos na greve do dia 28 de abril!

Por um Encontro Nacional da Classe Trabalhadora!

Deixe seu comentário

Leia também...

Contribuição ao programa da chapa única de oposição do SATED/SP

As eleições do SATED/SP (Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculo de Diversão do Estado …