Início / Artigos / Brasil / Manifesto pró-candidatura de Suplicy

Manifesto pró-candidatura de Suplicy

A Esquerda Marxista apóia a pré-candidatura de Suplicy para governador de São Paulo pelo PT.

Manifesto em apoio à pré-candidatura de Eduardo Suplicy ao governo do Estado de São Paulo, assinado por 72 lideranças sociais, dirigentes petistas, sindicalistas, artistas e intelectuais, foi entregue nesta quarta-feira (24/03) no Diretório Estadual do PT.

O Manifesto “Queremos um governo do PT! Queremos Suplicy governador”, além de combater a ideia que rondou o partido de abrir mão da candidatura própria (pelo apoio à uma candidatura de Ciro Gomes do PSB), defende que Suplicy é o melhor nome do partido para enfrentar a direita no Estado.

A maioria da direção apóia a pré-candidatura de Aloizio Mercadante para governador, inclusive já encaminhou na última terça-feira as alianças com outros partidos (PC do B, PDT, PRB, PPL e PR) em torno do nome de Mercadante. Mas pelas regras, Suplicy mantendo a candidatura, as prévias devem ser organizadas para os filiados decidirem o nome do candidato.

A Esquerda Marxista apóia a candidatura de Suplicy, pois, como diz o manifesto: “As massas trabalhadoras do estado de SP têm em Suplicy a referência das lutas históricas dos trabalhadores e vêem no companheiro a postura coerente tão forte na origem do PT”. Em lutas práticas o mandato de Suplicy esteve presente, na defesa da fábrica ocupada Flaskô, no combate à intervenção federal nas fábricas Cipla e Interfibra, nas campanhas contra a criminalização do MST, na luta contra a extradição de Cesare Battisti, etc. Além de no ano passado, em meio à crise do Senado, enquanto a maioria dos parlamentares do PT sairam em defesa de José Sarney, Suplicy foi o que teve a ousadia de mostrar um cartão vermelho ao presidente do Senado e ex-presidente da república tão combatido pelo próprio PT na década de 80.

Segue abaixo o manifesto. Divulgue-o!

Queremos um Governo do PT! Queremos Suplicy Governador!

O povo trabalhador do Estado de SP precisa de um Governo que atue em consonância com seus interesses. Um Governo que, em cada âmbito do cotidiano da vida de milhões de pessoas, fique sempre do lado dos trabalhadores e combata os interesses representados pelo atual Governo Serra e por aqueles que não se dispõem a ouvir os movimentos sociais e os que até hoje vêem negados os seus direitos à plena cidadania.

E esse Governo de que o povo precisa é o do Partido dos Trabalhadores. Por isso o PT deve ter candidato próprio ao Governo do Estado de SP nas eleições de 2010. E queremos que esse candidato, com todo o respeito às demais alternativas, seja o companheiro Eduardo Suplicy, que desde a fundação do PT tem representado nosso partido na Assembléia Legislativa, na Câmara dos Deputados, na Câmara Municipal de São Paulo e no Senado, e sempre dando voz aos movimentos sociais e àqueles que antes não tinham. Como diz o Manifesto de Fundação de nosso partido:

“O Partido dos Trabalhadores surge da necessidade sentida por milhões de brasileiros de intervir na vida social e política do país para transformá-la. A mais importante lição que o trabalhador brasileiro aprendeu em suas lutas é a de que a democracia é uma conquista que, finalmente, ou se constrói pelas suas mãos ou não virá.
A grande maioria de nossa população trabalhadora, das cidades e dos campos, tem sido sempre relegada à condição de brasileiros de segunda classe. Agora, as vozes do povo começam a se fazer ouvir por meio de suas lutas. As grandes maiorias que constroem a riqueza da Nação querem falar por si próprias. Não esperam mais que a conquista de seus interesses econômicos, sociais e políticos venha das elites dominantes. Organizam-se elas mesmas, para que a situação social e política seja a ferramenta da construção de uma sociedade que responda aos interesses dos trabalhadores e dos demais setores explorados pelo capitalismo.”

As massas trabalhadoras do estado de SP têm em Suplicy a referência das lutas históricas dos trabalhadores e vêem no companheiro a postura coerente tão forte na origem do PT. Hoje é o melhor nome que temos no partido para enfrentar nossos adversários nestas eleições. Avaliamos que, do ponto de vista de ajudar a eleger Dilma Rousseff para a Presidência da República precisamos contar com o companheiro que até hoje e nas últimas eleições que disputou obteve a maior proporção de votos em São Paulo dentre todos os nomes do PT. Nas eleições para o Senado de 1990, 1998 e 2006, respectivamente, ele obteve 30%, 43% e 48% dos votos dos eleitores paulistas.

Na escolha do nosso candidato, a base do partido precisa ser ouvida! Solicitamos ao Diretório Estadual que busque ouvir todas as instâncias, todos os filiados, desde o Presidente Lula até a juventude. E que em caráter consultivo examine quais as possibilidades de cada um dos nomes cogitados, inclusive com base em pesquisa isenta, antes de ser tomada a decisão final. Estamos certos que além das qualidades já mencionadas do companheiro Suplicy, neste quesito ele também teria vantagem.

De nossa parte nos dirigimos ao Diretório Estadual do PT de SP manifestando nosso apoio à Pré-candidatura do companheiro Senador Eduardo Suplicy ao Governo de SP.

Assinam:

1.Abdeir Chrispim (CA de Filosofia da USP)
2.Ademir Pires Ribeiro (Núcleo do PT de Guarulhos “Força Ativa”)
3.Adhel Daher (Diretório Municipal do PT de Araçatuba)
4.Alcides Vilani (Diretor do Sindicato dos Ferroviários de Bauru)
5.Alexandre Mandl (Conselho Operário da Fábrica Ocupada Flaskô)
6.Alexandre Santanna (Núcleo do PT de Guarulhos “Democracia Petista e Bolivarianos”)
7.Almir Martins Pereira (Diretor do Sindicato dos Ferroviários de Bauru)
8.André Olegário (Diretor da UEE-SP)
9.Antonio Hilo Pereira (Núcleo do PT de Guarulhos “Força Ativa”)
10.Ari Fernandes (Presidente do Diretório Municipal do PT de Campinas)
11.Augusto de Paulo Andrade (Secretário Geral do Diretório Municipal do PT de Campo Limpo Paulista)
12.Bento Barros (Executiva Municipal do PT de Guarulhos)
13.Caio Dezórzi (Coletivo Municipal da JPT e suplente do Diretório Municipal do PT de São Paulo)
14.Carlos Ramiro de Castro “Carlão” (Vice-presidente da CUT-SP, ex-presidente da APEOESP)
15.Carlos Roberto de Oliveira (Executiva Municipal do PT de Campinas)
16.Celene Aparecida Lopes (Diretório Municipal do PT de Bauru)
17.Clarindo Fogaça (Diretor do Sindicato dos Ferroviários de Bauru)
18.Claudia Malavasi Trevisan (Diretório Municipal do PT de Campo Limpo Paulista)
19.Claudia Martins Souza (Núcleo do PT de Guarulhos “Democracia Petista”)
20.Clécio Notaro (Diretório Municipal do PT de Caieiras)
21.Cristiane Paula Sacconi (Representante de Escola do Sinpeem)
22.Daniel Feldmann (Economista)
23.Dirce Silva (Secretária de Formação do PT de Cajamar)
24.Edson Calheiros (Movimento 27 de Março dos Trabalhadores da Cultura)
25.Eurico Viera de Sena (Diretório Municipal do PT de Guarulhos)
26.Evandro Gavaldão (Diretor do Sindicato dos Ferroviários de Bauru)
27.Evandro Giora (Diretório Municipal do PT de Campo Limpo Paulista)
28.Fabiano da Silva Souza (Diretor do Sindicato dos Ferroviários de Bauru)
29.Fabrício Carlos Genaro (Diretório Municipal do PT de Bauru)
30.Francisco dos Santos Timóteo (Diretório Municipal do PT de Campo Limpo Paulista)
31.Isabel Lozano (Diretório Municipal do PT de Caieiras)
32.João Baptista Breda (Ex-deputado estadual, psiquiatra)
33.João Elísio (Sociólogo)
34.João Francisco Carlota “Juruna” (Ex-Diretor do Sindicato dos Metalúrgicos de Campinas)
35.Joel Fernandes (Diretório Municipal do PT de Caieiras)
36.Jones Vandega dos Santos (Diretório Municipal do PT de Campo Limpo Paulista)
37.José Carlos Miranda (Coordenação Nacional do Movimento Negro Socialista, vice-presidente do Diretório Municipal do PT de Caieiras)
38.José Celso Martinez Correa “Zé Celso” (Teatro Oficina Uzyna Uzona)
39.José Lúcio de Araújo “Índio” (Núcleo do PT de Guarulhos “Frente Socialista”)
40.José Luis dos Santos “Paraná” (Executiva do Sindicato dos Vidreiros do Estado de SP)
41.José Paula Costa (Núcleo do PT de Guarulhos “Força Ativa”)
42.Julio César Miranda (Diretório Municipal do PT de Caieiras)
43.Luiz Antonio da Silva (Diretório Municipal do PT de Campo Limpo Paulista)
44.Luiza Jóia (Executiva do Diretório Municipal do PT de Caieiras)
45.Marcos Antonio de Oliveira (Diretor do Sindicato dos Ferroviários de Bauru)
46.Marcos Roberto Aparecido (Diretório Municipal do PT de Campo Limpo Paulista)
47.Maria Natividade Pereira Lima (Diretório Zonal da Casa Verde)
48.Mario Conte (Movimento 27 de Março dos Trabalhadores da Cultura)
49.Mario Jorge Santos “Majó” (Movimento 27 de Março dos Trabalhadores da Cultura)
50.Newton Aparecido Pereira (Diretor do Sindicato dos Ferroviários de Bauru)
51.Paulo César da Cunha (Diretor do Sindicato dos Ferroviários de Bauru)
52.Paulo Feldmann (Professor da FEA-USP)
53.Pedro Mendes (Macro PT Guarulhos)
54.Pedro Santinho (Conselho Operário da Fábrica Ocupada Flaskô)
55.Plínio Baldoni (Diretório Municipal do PT de Bauru)
56.Rafael Prata (Diretório Municipal do PT de Campinas)
57.Reinaldo Paulo Vieira (Diretório Municipal do PT de Campo Limpo Paulista)
58.Renata da Costa (Suplente do Diretório Municipal de Campinas)
59.Roberta Ninin (Movimento 27 de Março dos Trabalhadores da Cultura)
60.Roberval Duarte Placce (Diretor do Sindicato dos Ferroviários de Bauru)
61.Rodrigo Vieira de Moraes (Diretório Municipal do PT de Campo Limpo Paulista)
62.Rogério Pinto Fernades (Executiva Municipal do PT de Guarulhos)
63.Roque Ferreira (Vereador de Bauru-SP pelo PT)
64.Sandro Vanderlei de Araújo (Assessoria do Dep. José Eduardo Cardoso)
65.Silvio Durante (Executiva Municipal do PT de Bauru)
66.Suely Negreiros (Sec. Comunicação do Diretório Municipal do PT de Campo Limpo Paulista)
67.Vanderlei Muniz Borges (Núcleo do PT de Guarulhos “Frente Socialista”)
68.Verivaldo Mota (Executiva do Sindicato dos Vidreiros do Estado de SP)
69.Wanderci Bueno (Editor do Jornal Luta de Classes)
70.Wilson Agnaldo Horvath (Diretório Municipal do PT de Campo Limpo Paulista)
71.Wilson Batista Ferreira (Diretório Municipal do PT de Bauru)
72.Woltaire Mattosinho (Conselho Estadual da APEOESP)

Deixe seu comentário

Leia também...

O discurso do Presidente dos Estados Unidos nas Nações Unidas: A mensagem de Donald Trump ao Mundo

No dia 19 de setembro, o presidente Donald Trump pronunciou o seu primeiro discurso na …

Deixe uma resposta