Início / Artigos / Lula: “Privatizar foi um erro.” ENTÃO, ESTATIZE JÁ!

Lula: “Privatizar foi um erro.” ENTÃO, ESTATIZE JÁ!

Foi um erro a privatização da Vale. A Vale lucra bilhões todo ano, bilhões que são propriedade do povo brasileiro e que hoje vão para os “donos”.

No primeiro debate na TV, Lula explicou que Bush errou ao atacar o Iraque (“eu nunca teria feito isso”) e que ele não iria atacar a Bolívia. Que a decisão de estatizar o gás era uma decisão soberana do país e que devia ser respeitada. Como explicar então que o Brasil participe da ocupação do Haiti, com todos os relatos de mortes e estupros praticados pelas tropas? Lula tem explicado que o PSDB privatizou a Vale, privatizou a telefonia, privatizou as ferrovias e isso foi um erro. Então, como explicar que Lula não decrete a caducidade dos contratos de privatização das ferrovias, já que elas não cumpriram as metas previstas em contrato?

Como explicar que o BNDES comandado por Lula continue a financiar as empresas de estrada de ferro que não cumprem os contratos ao invés de retomar as concessões?

Foi um erro a privatização da Vale. A Vale lucra bilhões todo ano, bilhões que são propriedade do povo brasileiro e que hoje vão para os “donos”. Só o lucro do ano passado foi 3 vezes superior ao preço pago na privatização! Hoje várias ações judiciais têm decisão pedindo a anulação da venda.

Então porque Lula não manda a Procuradoria, os advogados do governo pararem de defender Fernando Henrique e deixarem as ações seguir seu curso natural e a Vale ser reestatizada? Os operários da CIPLA, Interfibra e Flaskô estão pedindo a estatização das fábricas, ocupadas e tocadas pelos próprios operários. Uma comissão formada por bancos públicos concluiu que a melhor forma de resolver o problema das fábricas seria estatizá-las. Por que Lula não aplica a decisão da comissão e estatiza estas fábricas? Os trabalhadores sabem a resposta. Sabem que Lula durante 4 anos não resolveu seus problemas.

Mas sabem também que a vitória de Alckmin seria voltar à política de privatizações, é aumentar a repressão, como demonstra com clareza seus programas e entrevistas. Por isso a maioria dos trabalhadores se volta para Lula e pretende dar o voto a ele. Por isso Lula cresceu nas pesquisas (no momento em que este editorial estava sendo escrito).

Mas os trabalhadores não têm ilusões. E irão à luta para acertar as contas com Lula depois das eleições. A construção dos Núcleos Socialistas de Base, a realização dos seminários de balanço do governo e do PT está sendo feita neste combate: derrotar Alckmin e acertar as contas com Lula depois.

Deixe seu comentário

Leia também...

Argentina: Mobilização para combater os capitalistas e seu ajuste

O governo federal avança a toda velocidade tentando impor o ajuste disfarçado de reforma. Assim …

Deixe uma resposta