Início / Artigos / Internacional / Hugo Chávez e o reconhecimento das ideias de Marx

Hugo Chávez e o reconhecimento das ideias de Marx

 

A Revolução conta com aliados em todo o mundo, um destes aliados é a Corrente Marxista Internacional. Marx volta, e com ele suas ideias que formam parte insubstituível do conjunto de ideias desta revolução”. 02-07-2008 Na foto: Alan Woods e Hugo Chávez.

A Revolução conta com aliados em todo o mundo, um destes aliados é a Corrente Marxista Internacional. Marx volta, e com ele suas ideias que formam parte insubstituível do conjunto de ideias desta revolução”. 02-07-2008 Na foto: Alan Woods e Hugo Chávez.

Esta frase proferida por Chávez revela o esforço que fazia para encontrar uma linha política que o ajudasse a desenvolver a revolução. Buscava incessantemente levar aos militantes do PSUV as ideias de Marx. Ele mesmo, quando se encontrava com o camarada Alan Woods, dirigente da Corrente Marxista internacional dizia estar interessado nos clássicos do marxismo e pedia indicações de leituras. Na televisão, inúmeras vezes, sacava do bolso um livro de algum grande revolucionário e dizia aos seus: “Esse livro deve ser lido, estudado, para que possamos levar adiante nossa revolução”.

Além disso, Chávez fez esta declaração, como reconhecimento e gratidão pelo trabalho de solidariedade internacional para com a Revolução Venezuelana, trabalho este levado para mais de 60 países pelo Manos Fuera de Venezuela, impulsionado pela Corrente Marxista Internacional.

Chávez não foi um marxista, mas a seu modo, procurou desvendar as ideias que lhe servissem como ferramentas para levar adiante a revolução. Sabia que toda revolução, para ser verdadeira, necessita de uma teoria revolucionária. Esta teoria está consubstanciada fundamentalmente nos livros de Marx, Engels, Lenin e Trotsky. A CMI e a Esquerda Marxista, combatem para que milhares e milhares de jovens e trabalhadores se apropriem desta poderosa ferramenta.

O marxismo, quando penetrar profundamente na consciência do proletariado, certamente fará da revolução mundial algo irreversível.

Deixe seu comentário

Leia também...

Argentina: nossa posição diante das eleições primárias abertas

Atualmente, nós da classe trabalhadora, estudantes e camponeses vivemos uma forte investida da direita em …