Início / Luta de Classes | Ver Mais / Greve Geral em Brasília!

Greve Geral em Brasília!

Contra o pacote de ataques do governo do DF, foi chamada uma Greve Geral em Brasília no dia de hoje (24/09). Conheça o panfleto que os militantes da Esquerda Marxista no DF estão distribuindo.

Contra o pacote de ataques do governo do DF, foi chamada uma Greve Geral em Brasília no dia de hoje (24/09). Conheça o panfleto que os militantes da Esquerda Marxista no DF estão distribuindo nesse dia.

Greve Geral em Brasília!

Pelo pagamento do reajuste!

Nenhum direito a menos!

O Governo do Distrito Federal, para equilibrar as contas do DF, anunciou um pacote criminoso de retirada de direitos e de aumentos: suspensão do reajuste dos servidores em 2015, que já havia sido escalonado desde 2013, aumento das passagens de ônibus e metrô de 20% a 50%, aumento da refeição no restaurante comunitário de R$ 1,00 para R$ 4,00, elevação do IPTU, propõe um plano de demissão voluntária nas empresas públicas e corte de algumas secretarias – a junção de secretarias importantes vai resultar em prejuízo da população -, entre outras medidas. O governo adverte que, se não conseguir arrecadar o que necessita, haverá atrasos no pagamento dos servidores nos últimos meses de 2015. E a desculpa para tal situação é a gestão anterior, do Agnelo (PT). Como, se a política atual de Rollemberg (PSB) não fosse a continuidade do que foi aplicada por Agnelo.  A política de jogar nas costas do trabalhador a conta de uma crise que não fizemos! Enquanto sofremos com um aumento vertiginoso do custo de vida, com os cortes de direitos, os maiores empresários estão batendo recordes em lucros!

Apesar de propor diminuição de salários para políticos de primeiro escalão e outras medidas de economia com os cargos, o governo continua seguindo a linha do Governo Federal de comandar a manutenção dos interesses capitalistas, o sustento dos grandes proprietários e dos burocratas. O Governo Federal também está em falta com as despesas que deveria destinar ao DF. Porque existe uma prioridade para todos eles: garantir o superávit primário, para o pagamento da Dívida Pública. O que representa a maior corrupção em curso no país: escoam-se cerca de 47% do orçamento nacional para pagamento de juros e amortizações, que enriquecem acionistas, especuladores e os maiores capitalistas mundiais, a quem supostamente “devemos algo”. Nos encontramos diante de uma crise mundial do sistema capitalista, comparável apenas à crise de 1929, que assola as economias nacionais, como a do Brasil. Diante disso, o governo distrital e o federal se posicionam contra a população. Entretanto, encontram resistência e grande disposição de luta dos trabalhadores, servidores e juventude do DF.

Por isso, integramos a GREVE GERAL! Somente a unidade das bases, das categorias, da classe trabalhadora conseguirá achar uma saída, inclusive forçando os governos a não retirarem mais direitos. Além disso, precisamos de um novo eixo de organização política da maioria da população, da classe explorada, para achar meios de acabar com essa situação. Por isso, nós da Esquerda Marxista abrimos o diálogo sobre uma FRENTE DE ESQUERDA. Nos colocamos contra o ajuste fiscal e levantamos as reivindicações que buscam unificar todos os movimentos na luta contra a burguesia e seus ataques, para construir uma saída verdadeiramente pela esquerda, uma saída socialista.

  • Contra o ajuste fiscal! Abaixo o pacote de cortes de Dilma/Levy!
  • Não ao pagamento da dívida interna e externa! Estatização do sistema financeiro sob controle dos trabalhadores.
  • Tributação dos investimentos em bolsas e no mercado financeiro, tributação dos lucros remetidos ao exterior!
  • Reestatização de todas as empresas privatizadas sob controle dos trabalhadores!
  • Saúde, educação e transporte, públicos e gratuitos para todos. 
  • Estabilidade no emprego, reajuste automático de acordo com inflação. Não ao PPE e ao Lay Off. Por um governo dos trabalhadores!

A população não pode pagar pela crise, em nome do luxo da burocracia e dos donos do capital. Junte-se à Esquerda Marxista no DF e integre essa luta!

Deixe seu comentário

Leia também...

Livraria Marxista exibe “O Jovem Marx”, humano e coerente com o método dialético

Dispostos no chão e em cadeiras no auditório da Livraria Marxista, cerca de 30 pessoas …