Início / Luta de Classes | Ver Mais / Greve de eletricitários na CPFL

Greve de eletricitários na CPFL

Propostas não avançam e trabalhadores cruzam os braços. Aproximadamente 160 funcionários da Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL Paulista) paralisaram suas atividades ontem (18) em Bauru. A manifestação de 24 horas convocada pelo sindicato da categoria, SINDLUZ – CUT tem como principais reivindicações a valorização salarial, aumento de benefícios e melhorias das condições de trabalho, pelo fim da precarização dos serviços e contra a terceirização do setor elétrico.

<

Propostas não avançam e trabalhadores cruzam os braços. Aproximadamente 160 funcionários da Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL Paulista) paralisaram suas atividades ontem (18) em Bauru. A manifestação de 24 horas convocada pelo sindicato da categoria, SINDLUZ – CUT tem como principais reivindicações a valorização salarial, aumento de benefícios e melhorias das condições de trabalho, pelo fim da precarização dos serviços e contra a terceirização do setor elétrico.

Os trabalhadores também se posicionam contra a desativação do Centro de Operações em Bauru e sua transferência para Campinas o que poderá cortar 21 postos de trabalho na cidade.

Uma audiência no Ministério Público do Trabalho (MPT) para mediar às negociações está marcada para esta sexta-feira (19) e na próxima segunda, 22, durante a sessão legislativa, o sindicato da categoria fará uso da Tribuna da Câmara Municipal de Bauru para falar sobre o assunto.

Os vereadores que também é diretor do Sindicato dos Ferroviários de Bauru e Mato Grosso do Sul- CUT Roque Ferreira e Sandro Bussola, ambos do Partido dos Trabalhadores (PT), estiveram presentes na manifestação em apoio à greve da categoria dos trabalhadores da CPFL.

ver video clicando em:

http://youtu.be/GFDHFAdHsFs

Deixe seu comentário

Leia também...

A juventude no lançamento do livro Stalin, de Leon Trotsky

Repercussão do lançamento da edição brasileira em São Paulo No dia 4 de outubro de …