Início / Documentos / Fábricas Ocupadas / Festival: 10 anos da Fábrica ocupada FLASKÔ TRABALHO E CULTURA, A LUTA CONTINUA!

Festival: 10 anos da Fábrica ocupada FLASKÔ TRABALHO E CULTURA, A LUTA CONTINUA!

 

Em 12 de junho de 2013 a Fábrica Ocupada Flaskô completará 10 anos de luta pela estatização sob controle operário! Trata-se de uma grande resistência na defesa dos postos de trabalho e das conquistas sociais históricas da classe trabalhadora, sendo um importante instrumento de frente única, contribuindo para a construção do socialismo.

Em 12 de junho de 2013 a Fábrica Ocupada Flaskô completará 10 anos de luta pela estatização sob controle operário! Trata-se de uma grande resistência na defesa dos postos de trabalho e das conquistas sociais históricas da classe trabalhadora, sendo um importante instrumento de frente única, contribuindo para a construção do socialismo.

Diante do abandono patronal, que havia sucateado o patrimônio industrial e de deixar de pagar os direitos trabalhistas, os trabalhadores da Flaskô, juntamente com os companheiros da Cipla e Interfibra, em Joinville, Santa Catarina, tomaram uma decisão história: ocupar a fábrica e retomar a produção sem o patrão, assumindo a gestão e dando início há uma luta internacional pela emancipação da classe operária.

Nesses 10 anos mostramos que, sem ter apropriação privada da riqueza, uma produção pode ter sua efetiva função social. Conseguimos apontar, concretamente, uma perspectiva de luta diante dos fechamentos das empresas. As conquistas sociais são de grande valia, como a redução da jornada de trabalho sem redução de salários, para 30 horas semanais, 06 horas semanais. Obviamente, ao defendermos abertamente a expropriação dos meios de produção e o controle operário, fomos duramente atacados pela burguesia, que nos viu como uma ameaça contra a lógica capitalista.

Muitos foram os conflitos, com grandes batalhas, envolvendo grandes mobilizações, caravanas à Brasília, campanhas internacionais. Da mesma forma, tivemos milhares de pequenas disputas cotidianas, fazendo o possível e o impossível para manter a atividade industrial com as bandeiras históricas que sempre defendemos. Tivemos algumas derrotas, mas inúmeras são as vitórias. Não tem sido fácil. A luta continua…

Justamento por isso, precisaremos ainda mais da unidade e da garra da classe trabalhadora em todo o mundo para manter essa importante experiência.

Assim, temos o prazer de convidar todos os companheiros e companheiras para participar de nossa Conferência “Flaskô 10 anos: operários e cultura, a luta continua!”, a ser realizada nos dias 09 a 16 de junho de 2013, destacando-se o Encontro Internacional: 10 anos de controle operário da Flaskô, a ser realizado no sábado, dia 15 de junho, às 13h.

Diversas entidades sindicais, movimentos sociais, organizações dos trabalhadores estarão presentes, inclusive com delegações internacionais, que durante todos esses 10 anos foram companheiros da luta pela estatização sob controle operário.

Será uma honra podermos comemorar os 10 anos da Fábrica Ocupada Flaskô com a presença de todos vocês. Sabemos que os desafios continuam… Estaremos juntos para que a luta da estatização sob controle operário continue na Flaskô e em todo o mundo, construindo o socialismo e expropriando o capital.

Veja a programação completa. Contamos com a presença de todos!

Viva os 10 anos da Fábrica Ocupada Flaskô!

Sumaré, 13 de maio de 2013 – Conselho de Fábrica da Flaskô

Programação

 

Dia 09/06 – domingo (13h)

Sonora Musical, Circo, Campeonato de Skate, Oficina Infantil (contando histórias)

 

Dia 10/06 – segunda-feira

15h – Apresentação e visita monitorada à Fábrica Ocupada Flaskô

19h – “A Situação da Ocupação do Iraque e a luta contra o Imperialismo”, com Akram Nadir

 

Dia 11/06 – terça-feira

12h – Vivência na linha de produção da Flaskô

18h30 – Cinedebate: “Intervenção”

20h – Roda de Samba e Batucada da Flaskô

 

Dia 12/06 – quarta-feira

11h – Vivência na Rádio Luta e Fábrica de Esportes e Cultura (skate, futebol, ping-pong, etc.)

12h – Assembleia Geral dos Trabalhadores: Aprovação do Manifesto – Flaskô 10 anos

13h – Confraternização 10 anos da Flaskô: festa com os trabalhadores

 

Dia 13/06 – quinta-feira

10h – Ato e Mobilização na Rua: A situação da Cultura e Esporte em Sumaré

18h – Debate: Situação Política Argentina, Paraguai e Bolívia: um olhar a partir das fábricas ocupadas

20h – Lançamento de Livros do CEMOP

21h – Sarau Hip Hop

 

Dia 14/06 – sexta-feira

15h – Oficina de Teatro do Oprimido

20h – Peça de Teatro

22h – Show musical

 

Dia 15/06 – sábado

 

13h – Encontro Internacional: 10 anos de Controle Operário da Flaskô

(Histórico, Perspectivas, Criminalização, Saudações de Solidariedade)

16h30 – Encerramento do Ato e aprovação do Manifesto Flaskô 10 anos!

17h – Ato de Rua: Flaskô 10 anos!

19h – Teatro de Rua

20h – Confraternização: Cerveja com Violeiros, Vinícius Camargo, Lima e João Arruda

 

Dia 16/06 – domingo

10h – Peça de Teatro Infantil

14h – Debate: Venezuela – Revolução em Perigo

16h – Peça de Teatro

18h – Show musical com Coletivo Cumpinzeiro

 

Atividade Permanente: Oficina de Zine; Exposições de Fotografias da Flaskô e de Charges Flaskô 10 anos

 

  • Outras atividades ocorrerão com a presença das delegações de fábricas ocupadas da Venezuela, Argentina, Bolívia e Paraguai, além de um giro com Akram Nadir, militante sindical exilado do Iraque, discutindo a luta contra o imperialismo.

 

Maiores informações:

www.fabricasocupadas.org.brwww.memoriaoperaria.org.brwww.estatizaraflasko.org.br

alexandremandl@yahoo.com.br – 55-19-8129-6637 / pedro.santinho@uol.com.br – 55-19-9696-6379

Deixe seu comentário

Leia também...

Dois projetos que privatizam a Educação Infantil em Florianópolis

Estão em tramitação na Câmara Municipal de Florianópolis dois projetos de lei que atacam frontalmente …