Início / Sem Categoria / Ferroviários do Piauí em greve

Ferroviários do Piauí em greve

Terminal de Petróleo ficará sem combustível no domingo

O Piauí poderá ficar sem combustível no Terminal de Petróleo no próximo domingo. A informação é do presidente da Central Única dos Trabalhadores- CUT, Batista Honório, que diz ainda que o estoque de petróleo não irá durar mais de quatro dias. A greve dos ferroviários foi deflagrada na última segunda-feira e até agora não há negociação com a categoria.
O último abastecimento de combustível no Piauí foi realizado no domingo, cerca de três milhões de litros de gasolina. Deste total, 30% fica retido na capital que distribui depois para o interior. “Não sabemos ao certo qual o estoque, mas como sabemos que o que tem não pode abastecer a cidade por mais de quatro dias”, destaca Batista Honório. Ele faz um apelo aos hospitais, polícia, empresas de ônibus que abasteçam seus veículos por que poderá haver colapso no abastecimento de combustível. “As negociações estão paradas, estamos pedindo aumento de 3,4% e ainda a redução da jornada de trabalho de oito para seis horas diárias”, informa o presidente da CUT.
Um total de 172 ferroviários estão parados desde segunda-feira. Todos os dias chegam a Teresina uma média de dois trens com a capacidade de 1 milhão e 680 mil litros. Somente um trem está descarregando combustível, o que reduz pela metade o volume de combustíveis que serve ao Estado. Existem outras bases de descarregamento de combustível, uma em Castelo do Piauí e outras duas em Caxias e Timon.
O combustível que vem ao Piauí vem de São Luís. Além do combustível, a greve também está prejudicando a chegada de cimento, que vem da cidade de Sobral(CE). Não está descartada a possibilidade de racionamento, caso não aconteça acordo com a companhia. Na ultima reunião esta semana, com a direção da Companhia Ferroviária do Nordeste (CFN) nada foi resolvido por parte da empresa. “Eles não apresentaram nenhuma proposta para nossa categoria encerrar a greve, portanto a greve será mantida”, declarou Batista.

Deixe seu comentário

Leia também...

Espanha: greve de mineiros se enfrenta com a repressão policial

Há mais de 15 dias os mineiros da região das Astúrias na Espanha, estão em …