Início / PT / Famílias são expulsas de área pública em Joinville

Famílias são expulsas de área pública em Joinville


Na quinta-feira (28/07) cerca de 280 famílias foram expulsas de área pública na cidade de Joiniville, em Santa Catarina. A ação foi organizada pelos governos do prefeito Carlito Merrs (PT) e do governador Raimundo Colombo (DEM/PSD). A operação contou com 233 Policiais Militares, helicóptero, batalhão de choque, cavalaria e mais 80 funcionários da prefeitura. Uma operação de guerra contra os trabalhadores.

Essa é uma atitude que seria esperada de um governo como o de Raimundo Colombo, agora, não é uma atitude esperada de um governo do PT. É lamentável ver as declarações do prefeito, acusando o movimento de luta por moradia de uma ação de “quadrilha”. Essa atitude não é condizente com a história de nosso partido.


Para Adilson Mariano, que é vereador do PT e militante da Esquerda Marxista o problema da habitação não é caso de polícia. Segundo o parlamentar, “as ocupações apenas evideciam a falta de uma política habitacional na nossa cidade”.

Sem teto formarão associação

Representantes das famílias sem teto estiveram presentes na sessão da Câmara de Vereadores desta terça-feira (02/08). Eles informaram que no dia quatro de agosto realizarão assembleia, às 19h30, no Centro de Direitos Humanos (CDH). O objetivo é discutir o problema da moradia e a fundação de uma Associação ou Movimento dos sem tetos de Joinville.

Mariano parabenizou os municípes pela iniciativa. “só com muita luta e organização os trabalhadores e a juventude conquistarão suas reivindicações”, disse o parlamentar. 

Deixe seu comentário

Leia também...

Resposta de Ulrich a Carlito Merrs, prefeito de Joinville

Carlito Merss, atual Prefeito de Joinville, em entrevista ao jornal Notícias do Dia, edição de …