Início / Luta de Classes | Ver Mais / Estudantes da PUC-SP ocupam a Reitoria

Estudantes da PUC-SP ocupam a Reitoria

Numa assembleia com mais de 500 estudantes, na noite de terça feira, 17/3, os alunos decidiram pela ocupação como forma de que suas pautas fossem ouvidas.

Durante o final do ano passado e no início deste ano, a reitora, nomeada (já que foi a 3ª colocada na eleição direta para reitor) pelo Arcebispo de São Paulo, desferiu uma série de ataques contra toda a comunidade universitária, como por exemplo, a demissão de mais de 50 professores uma semana antes do natal, o fim do subsídio ao bandejão (fazendo o preço do bandejão praticamente duplicar), o fechamento de diversas turmas em diversos cursos, entre outras. Foram realizadas diversas atividades e assembleias nos últimos dias, bem como solicitações de audiências públicas com a reitora e a Fundação São Paulo (que administra a PUC-SP), porém não houve nenhuma intenção de diálogo com os estudantes. Diante desse quadro, numa assembleia com mais de 500 estudantes, na noite de terça feira, 17/3, os alunos decidiram pela ocupação como forma de que suas pautas fossem ouvidas.

As reivindicações imediatas são:

– Volta do subsídio para todos os estudantes no bandejão!

– Fim da Terceirização do bandejão!

– Contra a criminalização e perseguição política de estudantes, funcionários e professores. Pelo arquivamento do inquérito dos 03 estudantes da PUC na Secretaria de Segurança Pública do estado de SP!

– Audiência pública com a Reitoria e a Fundação São Paulo, pela abertura da situação financeira da PUC!

– Assembleia Estatuinte: Pelo fim da lista tríplice e do Conselho
Administrativo (CONSAD)!

– Creche para os filhos de estudantes, professores e funcionários!

– Reabertura de turmas nos cursos de Filosofia, Geografia, Serviço Social, História e Ciências Sociais – e todos as turmas de todos os cursos que foram fechados por não atingirem o número de alunos estipulado pela reitoria!

– Fim da precarização dos contratos de trabalho dos professores!

– Redução das mensalidades!

Todo o apoio à luta dos estudantes da PUC-SP!

 

Deixe seu comentário

Leia também...

A juventude no lançamento do livro Stalin, de Leon Trotsky

Repercussão do lançamento da edição brasileira em São Paulo No dia 4 de outubro de …