Início / Sem Categoria / enquanto as enchentes continuam

enquanto as enchentes continuam

No dia em que quatro pessoas morreram soterradas na capital paulista por desabamentos provocados pela chuva, na última quinta-feira (28/01/10), o prefeito Gilberto Kassab (DEM) congelou R$ 25,6 milhões destinados a obras e serviços em áreas de risco. O valor representa 86,5% dos R$ 29,6 milhões disponíveis para essas ações no orçamento das 31 subprefeituras e da Secretaria Municipal de Coordenação das Subprefeituras.
O corte, que faz parte do contingenciamento de R$ 2 bilhões do Orçamento, surpreendeu ao menos dois subprefeitos que disseram não terem sido informados da medida. 

É de chorar. Acabei de levantar obras de emergência necessárias na região em função das chuvas e disse à população que começaríamos a agir. Descubro que não há um centavo liberado”, disse um deles, que pediu anonimato. A decisão irritou vereadores da base aliada de Kassab. “Resolver centralizar as obras em meio ao caos das chuvas é dar um tiro no pé politicamente“, afirmou um kassabista.

(…)

A Prefeitura alega que apenas os recursos das subprefeituras – R$ 19,6 milhões – foram congelados porque serão remanejados nos próximos dias para os orçamentos de outras secretarias. Segundo a Assessoria de Imprensa de Kassab, os R$ 9,98 milhões previstos para obras em áreas de risco na Coordenação das Subprefeituras estão disponíveis, apesar de R$ 5,9 milhões aparecerem congelados, segundo levantamento da Liderança do PT na Câmara.
Governo federal
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou ontem Medida Provisória que libera R$ 614 milhões para ações preventivas contra chuvas no Sul e no Sudeste e a seca no Nordeste. Segundo informações divulgadas pela Presidência da República, a MP será publicada na edição de amanhã do Diário Oficial. As informações são do Jornal da Tarde.
fonte: Agência do Estadão

Deixe seu comentário

Leia também...

Espanha: greve de mineiros se enfrenta com a repressão policial

Há mais de 15 dias os mineiros da região das Astúrias na Espanha, estão em …