Início / Artigos / Brasil / Do que precisa o PSOL diante da preparação de seu Congresso

Do que precisa o PSOL diante da preparação de seu Congresso

Ocorrerá no final do ano o Congresso Nacional do PSOL, que será precedido por etapas Municipais e Estaduais.

Será o primeiro Congresso do partido sem um governo do PT a frente do país. O breve fôlego dado ao PT pelo impeachment de Dilma conteve parcialmente o desenvolvimento do PSOL. Mas ele também precisa superar suas debilidades, enraizar-se na classe trabalhadora, em especial no movimento operário, e distanciar-se do reformismo e da colaboração de classes que provocaram a desmoralização do PT junto à sua base.

Fenômenos internacionais como Podemos, Syriza, França Insubmissa, Corbyn, etc., são sinais de que a falência política dos partidos reformistas tradicionais abre a brecha para a ascensão de agrupamentos à esquerda. Este é o lugar que o PSOL pode ocupar no Brasil.

Ao mesmo tempo, não se trata de construir um programa reformista um pouco mais à esquerda do que o defendido pelo PT. Vimos o resultado desta política na Grécia, em que o Syriza, eleito contra a austeridade, ao conter-se nos marcos do capitalismo, só viu como alternativa trair os trabalhadores e destruir-se como partido representante dos desejos das massas.

O PSOL deve se colocar claramente como um partido que luta pela revolução e pelo socialismo. Um partido que pretende organizar e lutar ao lado dos explorados e oprimidos pela abolição do regime da propriedade privada dos meios de produção, solidarizando-se com a luta da classe trabalhadora ao redor do mundo.

Para aparecer e construir-se como uma alternativa, joga importância o lançamento de uma candidatura a presidente própria do partido para 2018. Assim, evitando que toda a esquerda seja levada pela campanha Lula 2018, que nada de novo e positivo pode trazer para a luta contra os ataques do capital.

Os militantes do PSOL devem se ater às grandes tarefas que cabem ao partido na atual conjuntura, sem se perder nas mesquinhas lutas por cargos e aparatos entre as tendências internas. A reorganização da classe trabalhadora na luta por sua emancipação é muito maior do que isso.

Deixe seu comentário

Leia também...

Reforma e contrarreforma trabalhista

Normalmente, quando falamos em reforma, pensamos que seja algo para melhorar, arrumar, solucionar algum problema. …