Início / Documentos | Ver Mais / Fábricas Ocupadas / DIA 16/07 às 13h ATO EM DEFESA DA FLASKÔ!

DIA 16/07 às 13h ATO EM DEFESA DA FLASKÔ!

PELA CONTINUIDADE DO CONTROLE OPERÁRIO!
CONTRA QUALQUER ATAQUE!

Os trabalhadores da Flaskô mais uma vez em caráter de urgência convocam todos os trabalhadores e trabalhadoras, suas organizações entidades democráticase populares a participarem nesta sexta-feira, dia 16/07 às 13 h, de ato pública na sede da Flaskô.
Há mais de 7 anos os trabalhadores mantém os empregos e o controle da fábrica na luta em defesa dos empregos e do parque fabril. Neste anos construimos com os moradores de Sumaré a Vila Operário e Popular possibilitando moradia para mais de 300 famílias, contruimos e desenvolvemos o projeto Fábrica de Cultura e Esporte, trazendo cultura e esporte e lazer para a juventude de Sumaré. Por isso é necessário continuar e luta. Por isso pedimos o apoio de todos.

Como informamos em 06/07 foi tomada decisão na justiça de Sumaré que coloca em risco a continuidade da fábrica e os empregos dos trabalhadores da Flaskô, e dos projetos desenvolvidos.
Assim em assembléia geral de todos os trabalhadores realizada em 02/07 decidimos adotar todas as medidas para manter a produção, os empregos e a continuidade da luta em defesa dos empregos.
Diversas medidas já foram adotas, juridicas, politicas e de organização.
Hoje, dia 12/07, fomos informados que a mesma decisão ainda se mantém. Por isso mais do que nunca é fundamental a presente de todos neste ato.
É necessário demonstrarmos a justiça e ao governo a importante de se lutar contra o fechamento das fábricas. Que os trabalhadores tem uma saída.
Nossa luta mostra que com a cabeça erguida, organizados e mobilizados todos os trabalhadores e suas organizações podem impedir o fechamento das fábricas.
Por isso convidamos todos a estarem presentes no ato para assim ampliarmos os esforços para continuarmos resistindo.
VENHAM TODOS AO ATO!

Conselho de Fábrica da Flaskô
Sumaré,, 12 de junho de 2010

Deixe seu comentário

Leia também...

Flaskô volta a ter energia depois de 60 dias

A Esquerda Marxista saúda esta vitória dos trabalhadores da Fábrica Ocupada e de toda a …