Início / Documentos / Fábricas Ocupadas / Convite da Flaskô: 11 anos de luta pela estatização sob controle operário

Convite da Flaskô: 11 anos de luta pela estatização sob controle operário

 

Camaradas da Esquerda Marxista,

No dia 12 de junho de 2014, nós, trabalhadores da fábrica ocupada Flaskô, completaremos 11 anos da decisão tomada em Assembleia, de ocupar a fábrica e retomar a produção sob controle operário.

Camaradas da Esquerda Marxista,

No dia 12 de junho de 2014, nós, trabalhadores da fábrica ocupada Flaskô, completaremos 11 anos da decisão tomada em Assembleia, de ocupar a fábrica e retomar a produção sob controle operário.

Desde então, muitos têm sido os ataques, mas, mais ainda, muitas têm sido as conquistas. Nesse dia de luta e comemoração, queremos contar com sua presença.

Desde junho do ano passado, uma nova situação política se abriu no Brasil. A juventude e, particularmente nesse momento, o que vemos é a classe trabalhadora em luta, enfrentando os ataques da burguesia, reivindicando o atendimento dos serviços públicos, como saúde, transporte e educação. As respostas das ruas somente podem ser atendidas pelo socialismo.

Ao mesmo tempo, temos visto o aumento da repressão dos movimentos sociais. Nesse sentido, é fundamental a unidade da classe trabalhadora e da juventude para combater a atual criminalização das lutas sociais. Com a Copa do Mundo de Futebol no Brasil as contradições do capitalismo e do Estado Burguês estão ainda mais evidentes, escancarando os reais interesses que estão em jogo.

Coincidentemente, nesse ano, o aniversário da ocupação da Flaskô, dia 12 de junho, é o início da Copa do Mundo, com a estreia da seleção brasileira. Assim, entendemos que a melhor forma de discutirmos o histórico da Flaskô e as perspectivas que estão colocadas na dinâmica da luta de classes, é justamente realizar tal debate sob o pano de fundo da lógica do capital em todas as esferas que expressam as contradições da Copa do Mundo. É um dia que será de luta, e ao mesmo tempo, para muitos serviços públicos, será até mesmo feriado.

Dessa forma, decidimos realizar nossa tradicional atividade de comemoração da ocupação da Flaskô no dia 12 de junho, quinta-feira, tendo a seguinte programação:

10h às 12h: Mesa de debate: “Flaskô – 11 anos de luta da estatização sob controle operário: histórico, balanço, perspectivas e suas campanhas na atual dinâmica da luta de classes, com a crise do capital, as contradições do estado burguês do país da copa do mundo de futebol, especialmente após as manifestações de junho/2013”.

Haverá uma homenagem aos trabalhadores da Flaskô, sendo aberta a possibilidade de saudações à todas as organizações presentes.

Em seguida, a partir das 13h, faremos um churrasco, convidando a todos que quiserem para, depois, assistirem o jogo de estreia do Brasil junto conosco em um telão que disponibilizaremos.

Tudo isso porque:

“No dito “país do futebol”, o que vale é a luta da classe trabalhadora!”

“Os trabalhadores estão entrando em campo!”

Da Copa eu abro mão, quero saúde, transporte e educação!”

VIVA A LUTA DOS TRABALHADORES DA FÁBRICA OCUPADA FLASKÔ!

Saudações,

Assembleia Geral dos trabalhadores da Flaskô

Sumaré, 15 de Maio de 2014

Maiores informações: 19-3864-2624 – 98129-6637 – alexandremandl@yahoo.com.br

Deixe seu comentário

Leia também...

Campinas na luta contra o Escola Sem Partido e a Lei da Mordaça!

A Associação dos Professores da Puc-Campinas (Apropucc) emitiu nota esta semana repudiando o projeto de …