Início / Luta de Classes / Comitê Bandeira Vermelha em São Paulo discute pauta de reivindicações

Comitê Bandeira Vermelha em São Paulo discute pauta de reivindicações

No dia 29/06, sábado, reuniu-se no auditório Vladimir Herzog do Sindicato dos Jornalistas de SP, a plenária do Bandeira Vermelha – Comitê de Luta pela Frente Única em Defesa das Liberdades Democráticas, das Organizações Operárias, Populares, Estudantis. Estiveram presentes mais de 60 militantes de esquerda, do PT, da Esquerda Marxista e independentes, de entidades estudantis e sindicais, dentre as quais o Sindicato dos Trabalhadores Vidreiros do Estado de SP, Sindicato dos Jornalistas de SP, Sindicato dos Gráficos, Diretório Municipal do PT de Caieiras-SP, etc.

Fundado uma semana antes, o Comitê Bandeira Vermelha já iniciou seu combate participando e apresentando propostas na reunião das centrais sindicais, partidos e organizações políticas de esquerda e movimentos sociais que ocorreu em 25/06 no Sindicato dos Químicos de SP, com mais de 300 participantes, representando mais de 100 entidades.

Nesta reunião, as centrais sindicais CUT, Força Sindical, CTB, Conlutas, Intersindical e outras, apresentaram uma proposta de Jornada Nacional Unificada de Lutas e Paralisações em Defesa das Liberdades Democráticas e dos Direitos da Classe Trabalhadora para o dia 11 de julho. As centrais sindicais chegaram a um acordo para uma pauta unificada com 8 pontos:

– Defesa da Educação Pública;

– Defesa da Saúde Pública;

– Defesa do Transporte Público;

– Pela Redução da Jornada de Trabalho para 40h semanais sem redução de salários;

– Contra o PL da terceirização;

– Contra os Leilões do Petróleo;

– Pela Reforma Agrária;

– Pelo Fim do Fator Previdenciário.

Representando o Comitê Bandeira Vermelha o companheiro Caio Dezorzi, da Esquerda Marxista, apresentou a proposta de que a Jornada de Lutas e Paralisações se concretizasse com a convocação de grandes atos unificados nas capitais de todos os estados do Brasil.

Sobre a pauta, o companheiro Caio ressaltou que é bastante positivo que as centrais chegassem a um acordo para levantar de maneira unificada bandeiras muito importantes para o conjunto da classe trabalhadora, mas que alguns pontos estavam um tanto abstratos. Afinal, quem poderia se declarar contra a Educação Pública, por exemplo? Diante disso, o companheiro apresentou alguns pontos a acrescentar na pauta unificada das centrais:

– Pelo fim do pagamento da dívida pública interna e externa, que desvia centenas de bilhões de reais todos os anos para os bolsos dos banqueiros nacionais e internacionais;

– Pela reestatização de tudo o que foi privatizado;

– Abaixo a repressão! Liberdade a todos os manifestantes presos!

– Pelo fim do vestibular! Vagas para todos nas universidades públicas! Educação pública e gratuita para todos em todos os níveis!

– Contra a privatização da saúde pública!

– Tarifa Zero para o transporte público urbano! Estatização de todo o transporte público!

As decisões foram proteladas para uma próxima reunião das centrais e movimentos sociais no dia 02/07.

Na reunião do Comitê Bandeira Vermelha, uma rica discussão levou à adoção da seguinte pauta reivindicatória a ser apresentada a todas as organizações dos trabalhadores, entidades sindicais, estudantis, movimentos sociais:

– Fora Ministros Capitalistas!

– Fim do Pagamento da Dívida Pública Interna e Externa!

– Reestatização de tudo o que foi privatizado!

– Fim do vestibular! Vagas para todos nas universidades públicas! Educação pública e gratuita para todos em todos os níveis!

– Tarifa Zero para o transporte público urbano! Estatização de todo o transporte público!

– Não à privatização da saúde! Saúde pública e gratuita para todos!

– Redução da Jornada de Trabalho para 40h semanais sem redução de salários!

– Fim do Fator Previdenciário! Revogação das contra-reformas da previdência! Diminuição da idade mínima para aposentadoria!

– Fim dos Leilões do Petróleo! Pela volta do monopólio estatal do petróleo! Petrobras 100% estatal!

– Reforma Agrária Já! Fim do Latifúndio! Terra para os que nela trabalham!

– Reforma Urbana! Redução e congelamento dos aluguéis!

– Contra a redução da maioridade penal!

– Abaixo a repressão! Contra a criminalização dos movimentos sociais! Pela liberdade de todos os militantes políticos presos! Pela anulação de todos os processos contra militantes de esquerda!

Foi convocada uma próxima plenária do Comitê Bandeira Vermelha para o dia 09/07 (terça-feira, feriado em SP) às 16h na Livraria Marxista (Rua Tabatinguera, 318 – Centro – próximo ao metrô Sé).

Deixe seu comentário

Leia também...

Escola Mundial da CMI: Celebrando o legado de 1917

Mais de 300 revolucionários de 20 diferentes países reuniram-se na Itália na última semana de …