Início / João Diego

João Diego

João Diego

O Processo (2018) – Crítica

Dirigido e roteirizado por Maria Ramos, o documentário acompanha a abertura do processo de impeachment até a destituição de Dilma Rousseff do cargo da presidência da República. Esse acompanhamento é feito de maneira oculta. Vemos os bastidores do Senado e como os parlamentares petistas articularam a defesa contra o processo, …

Continue lendo... »

A Terceira Margem – Crítica

Ouvi algumas histórias sobre mulheres e crianças de tribos indígenas serem pegas no laço. Os fazendeiros contratavam capangas para expulsar os indígenas de suas terras. Esses homens matavam as pessoas, queimavam as aldeias e, em alguns casos, raptavam as mulheres e as crianças.

Continue lendo... »

Sufragista – Crítica

Um filme dedicado a um personagem ou evento histórico corre o “risco” de ser uma versão oficial. Assim, quando um cineasta resolve dedicar uma obra à história, deve tomar cuidado para não ser desonesto com o expectador. Não quero impor uma regra à arte cinematográfica, mas quando assisto uma cinebiografia, …

Continue lendo... »

Jovem Marx – Crítica

Até o presente momento nenhuma distribuidora teve interesse em lançar Jovem Marx nos cinemas. Então, ao cair na internet vários militantes e simpatizantes da obra do pensador alemão começaram a compartilhá-lo. É triste não podermos assisti-lo em tela grande. Faltou, talvez, uma visão de mercado aos distribuidores, afinal a situação …

Continue lendo... »

Nostalgia da Luz – Crítica

O documentário dirigido e escrito pelo chileno Patrício Guzmán impressiona por alinhar a astronomia e arqueologia com a ditadura no Chile (1973-1990). Essa “mistura” poderia parecer forçada, mas não é. O cineasta consegue construir poesia com as estrelas, constelações e os corpos dos desaparecidos durante o regime militar chileno. Ao …

Continue lendo... »

Raoul Peck: o cinema como forma de fazer política

Desconhecido de grande parte do público, o cineasta de origem haitiana Raoul Peck ganhou notoriedade em 2017 pelo lançamento de dois filmes: Eu Não Sou Seu Negro – baseado no livro inacabado do militante negro James Baldwin – indicado ao Oscar na categoria de melhor documentário e o Jovem Marx, …

Continue lendo... »

Okja – Crítica

Produzido exclusivamente para o Netflix e lançando oficialmente no festival de Cannes em 2017, o filme escrito e dirigido pelo cineasta sul-coreano Joon-Ho Bong foi alvo de uma grande polêmica. Os produtores não tinham pretensões de lançá-lo nos cinemas, então muitos começaram a questionar a presença de obras assim em …

Continue lendo... »

Máquinas – Crítica

O capitalismo transformou o homem em um apêndice da máquina. Marx e Engels falaram sobre isso há mais de um século, mas a situação, apesar de toda a tecnologia existente hoje, parece não ter se modificado. O documentário indiano Máquinas mostra exatamente isso. Em tempos de ataques às leis trabalhistas …

Continue lendo... »

Família – Crítica

Uma favela brasileira ou uma villa venezuelana podem falar idiomas diferentes, mas ambas entendem a linguagem da violência e conhecem as regras. Consequentemente, os espectadores brasileiros, mais sensíveis à realidade social do nosso continente não sentirão estranhamento ao assistir o filme Família.

Continue lendo... »