Início / Artigos / Brasil / Atuação de vereador do PT de Bauru é exemplo de luta no interior das instituições burguesas

Atuação de vereador do PT de Bauru é exemplo de luta no interior das instituições burguesas

Cumprindo o 3º ano de seu mandato de vereador pelo PT, o dirigente sindical ferroviário e militante da Esquerda Marxista, Roque Ferreira, começa 2011 dando continuidade à sua atuação combativa, colocando seu mandato a serviço dos trabalhadores!

Depois da plenária de balanço dos 2 primeiros anos do mandato do Vereador Roque Ferreira na cidade de Bauru, no interior do estado de São Paulo, as lutas continuaram e o ano de 2011 começou quente.

Problemas na Saúde dominam a Sessão do dia 14 de fevereiro

Na 2ª sessão ordinária realizada em 14/02/11 na Câmara Municipal de Bauru, dez processos foram retirados da pauta e remetidos para análise das Comissões Permanentes da casa. Entre eles os projetos que dispõem sobre a regularização das construções de imóveis junto à prefeitura. Pela proposta, os donos de imóveis irregulares terão um ano para normalizar a situação na prefeitura, isentos do pagamento de multa, o que transforma várias ruas em corredores comerciais, o que propõe nova estrutura organizacional da Secretaria da Saúde, e o que cria a Escola de Gestão Pública Municipal, cujo objetivo é capacitar de forma permanente os servidores, todos de autoria do Executivo.

Mas o tema dominante na sessão foi a situação caótica da Saúde na cidade, principalmente envolvendo o Pronto-Socorro Central e o da Bela Vista. Em seu pronunciamento, o vereador Roque destacou a situação a que chegou o atendimento de urgência e emergência em Bauru.

O vereador também destacou a falta de retaguarda hospitalar para as demandas da cidade e região que é responsabilidade do Governo do Estado. O Hospital de Base (único da cidade e região) está mergulhado numa crise profunda, por conta da gestão fraudulenta da antiga diretoria da Associação Hospitalar de Bauru (entidade privada), para a qual foi repassada a gestão e o gerenciamento do HB e da Maternidade Santa Isabel.

Como a situação do atendimento de urgência e emergência em Bauru chegou a níveis caóticos, o vereador cobrou do prefeito Rodrigo Agostinho (PMDB), coragem política e determinação na adoção de medidas que possam aliviar o flagelo coletivo a que está sendo submetida a maioria da população usuária da rede pública de saúde.

Assista aqui ao pronunciamento do Vereador Roque:

Audiência Pública sobre Transporte Público

“A saída é a municipalização plena!”

Cerca de 70 pessoas representando entidades sociais, usuários do sistema de transporte público, sindicatos, associações de moradores e trabalhadores do transporte coletivo participaram da Audiência Pública realizada em 23/02 na Câmara Municipal, para discutir a situação do Transporte Público em Bauru.

Foram convocados para esta audiência o Prefeito (PMDB), que não compareceu, e o presidente da EMDURB, Sr. Nico Mondelli. Também estiveram na atividade os técnicos e diretores do Sistema Viário.

Foi apresentado o formato do Plano Municipal de Transporte, Trânsito e Mobilidade Urbana por Nico Mondelli. A população cobrou o fim da tarifa diferenciada, instalação de abrigos, oferta de mais ônibus aos domingos e feriados, a volta do agente de bordo, e o não aumento da tarifa. As reivindicações serão levadas ao prefeito Rodrigo.

Hoje em Bauru quem determina o que fazer no sistema (investimentos, modificações, etc.) são as operadoras privadas, via TRANSURB que é o sindicato patronal. As licitações e seus conteúdos privilegiam todos os mecanismos para garantir o lucro das empresas, ou seja, não consta nas cláusulas das licitações exigências que visam a melhora do sistema, como a obrigatoriedade do câmbio automático, o motor traseiro nos veiculos, o ar-condicionado nos veículos, etc.

O Verador Roque insistiu que as licitações para concessão dos lotes das linhas de ônibus precisam ser precedidas por Audiências Públicas, ao contrario do que ocorreu com a última licitação. Segundo o vereador, as Audiências Públicas garantem a transparência do processo e a participação da sociedade civil organizada na condução dos rumos da cidade.

Frente à situação do sistema de transporte apresentada pela EMDURB, o vereador Roque manifestou a seguinte opinião: “A saída para o transporte público em Bauru é a municipalização plena, isto é, a EMDURB seria responsável pelo gerenciamento, gestão e operação. Todos os recursos financeiros oriundos do sistema voltariam para o próprio sistema, pois não haveria necessidade de garantir o lucro das empresas, que hoje não dão nada de volta para o sistema de transporte. Vão engordar as contas do grupo Constatino, dono das três empresas que operam na cidade!”.

Servidores municipais paralisam atividades

Servidores do DAO (Departamento de Apoio Operacional) da Prefeitura de Bauru paralisaram as atividades na segunda-feira (21/02) pela manhã. O prefeito Rodrigo (PMDB) compareceu no local e discutiu diretamente com os servidores uma série de problemas que os mesmos enfrentam no dia a dia. O descontentamento é em relação ao tíquete refeição e ao vale transporte. Muitos servidores perderam o benefício, em virtude de seus os vencimentos brutos terem ultrapassado a faixa dos R$ 1.150,00.

O prefeito assumiu o compromisso de corrigir a situação, e pagar agora em março os atrasados de fevereiro. O Verador Roque (PT) informou que a categoria está em campanha salarial e que a diretoria do sindicato dos servidores públicos municipais é que vai fazer as discussões.

O vereador ainda sugeriu que fosse adotado o critério de pagar o tíquete para todos os empregados, estabelecendo-se descontos de acordo com a faixa salarial. A situação precária dos banheiros, o refeitório, a falta de uniformes e EPIs (como botas, óculos e luvas) também foram reivindicados pelos trabalhadores.

Deixe seu comentário

Leia também...

O discurso do Presidente dos Estados Unidos nas Nações Unidas: A mensagem de Donald Trump ao Mundo

No dia 19 de setembro, o presidente Donald Trump pronunciou o seu primeiro discurso na …

Deixe uma resposta