Início / Sem Categoria / Alan Woods no Brasil

Alan Woods no Brasil

Tremores Revolucionários
uma análise marxista da atual onda revolucionária nos países árabes

“Na natureza, um terremoto é seguido por tremores secundários, suas réplicas. Estes podem ser tão catastróficos em seus efeitos quanto a explosão original. Estamos testemunhando este fenômeno em termos sociais e políticos. O terremoto revolucionário no Egito e na Tunísia replicou em choques sísmicos nas mais distantes partes do mundo de fala árabe. Argélia, Marrocos, Líbia, Sudão Bahrein, Jordânia, Iraque, Iêmen, Kuwait, Djibuti – a lista continua crescendo não a cada dia, mas a cada hora.” (Alan Woods)

No momento em que os povos árabes se levantam contra os tiranos e seus regimes, a Esquerda Marxista (seção brasileira da CMI) apresenta esta brochura com 72 páginas de artigos escritos por Alan Woods no calor dos acontecimentos no Magrebe e Oriente Médio e fotos coloridas em alta resolução.

A Esquerda Marxista (www.marxismo.org.br) preza pela independência político-financeira, dependendo assim apenas das contribuições de seus militantes e apoiadores, trabalhadores e jovens e venda de nossos materiais. Nossa atual campanha financeira é a venda desta brochura e pedimos qualquer contribuição (mínimo R$ 15,00).
Para contribuir com nossas lutas, adquirindo uma brochura ou comprando várias para presentear amigos e companheiros de luta, você pode falar com qualquer militante da Esquerda Marxista ou comprar pela internet no site da Livraria Marxista: http://www.livrariamarxista.com.br/livros/revolucoes/tremores-revolucionarios:-uma-analise-marxista-da-atual-onda-revolucionaria-nos-paises-arabes
Há alguns anos a CMI (Corrente Marxista Internacional) vem acompanhando os desenvolvimentos no norte da África e Oriente Médio em geral. Inúmeros artigos, relatos e análises de fundo foram publicados no site internacional da CMI, In Defense of Marxism – “Em Defesa do Marxismo” (www.marxist.com). Além disso, por compreender a importância do movimento operário nos mais de 20 países árabes, a CMI lançou em 2003 um site na internet todo escrito em língua árabe: www.marxy.com – onde são publicados artigos escritos por militantes árabes e traduções dos artigos da internacional escritos por camaradas de diversos países.
No ano passado, uma série de artigos sobre as greves no Egito foi publicada em inglês e árabe nesses sites da internet. Abrimos contatos com militantes em vários países árabes, inclusive na Tunísia e Egito.
Ao contrário da imprensa burguesa que foi surpreendida pelos desenvolvimentos na Tunísia e Egito e os representantes dos diversos imperialismos que na véspera do levante no Egito diziam que este era o país mais estável da região e que nada ocorreria ali, nós, marxistas, já vínhamos analisando há muito tempo o acúmulo crescente de fatores que poderiam levar a revoluções na região. Destacamos o artigo “Egito: iminente tempestade” assinado pelos camaradas Hamid Alizadeh e Frederik Ohsten em Outubro de 2010. Nesse artigo, os camaradas prevêem a revolução egípcia a partir de uma análise materialista histórica e dialética da situação.
A partir do site em língua árabe nossas análises têm tido grande repercussão na região. Pouco antes da derrubada do ditador Ben Ali na Tunísia, no início de Janeiro, dois analistas em um programa jornalístico da principal rede de TV do Magrebe (norte da África) comentaram na TV o editorial de marxy.com intitulado: “A Primavera Tunisiana” de 5 de Janeiro.
O artigo de Alan Woods intitulado “A Insurreição na Tunísia e o Futuro da Revolução Árabe” publicado em mais de 10 idiomas, foi acessado por dezenas de milhares de internautas. Em janeiro e fevereiro, o camarada Alan escreveu uma série de análises diárias sobre a revolução no Egito, que foram traduzidas imediatamente ao árabe, espanhol, português, italiano, francês, alemão, grego, urdu e outros idiomas. Enviamos camaradas de outras seções à Tunísia e ao Egito e estamos nos correspondendo com ativistas em diversos países árabes.
Agora, Alan Woods está fazendo um giro pela América Latina apresentando suas análises em conferências públicas. Em poucos dias estará no Brasil (ver programação abaixo).
Estamos certos que as idéias marxistas cada vez mais encontram eco entre os militantes árabes e seguiremos com nosso trabalho. Mas para isso, precisamos de mais recursos. Adquirir esta brochura contribuindo com qualquer quantia é uma grande ajuda para esta luta.

Conferências no Brasil com Alan Woods:
A revolução dos povos árabes
e a crise capitalista mundial

31/03 (quinta) às 18:30
Florianópolis
Mini-Auditório do CFH
Universidade Federal de Santa Catarina

02/04 (sábado) às 16:00
Joinville
Anfiteatro do IELUSC
R. Princesa Isabel, 438

04/04 (segunda) às 18:00
Rio de Janeiro
Auditório do SINDIPETRO-RJ
Av. Passos, 34 – Centro

05/04 (terça) às 19:00
Recife
Auditório do Centro de Educação da UFPE
Universidade Federal de Pernambuco

06/04 (quarta) às 18:30
São Paulo
Auditório da Casa de Cultura Japonesa na USP
Próximo ao prédio da História e Geografia na FFLCH
Cidade Universitária

07/04 (quinta) às 10:30
Sumaré (região de Campinas)

Fábrica Ocupada FLASKÔ

07/04 (quinta) às 18:00
São Paulo
Auditório do Sindicato dos Químicos de São Paulo
Rua Tamandaré, 348 (próx. Metrô São Joaquim)
* Alan Woods é escritor e teórico marxista britânico. Editor do site “In Defense of Marxism” (www.marxist.com). Tem inúmeros livros publicados em mais de 10 idiomas, com destaque para o último livro sobre a Revolução Venezuelana “Reformismo ou Revolução – Marxismo e Socialismo do Século XXI: uma resposta a Heinz Dieterich” que foi recomendado pelo presidente Hugo Chávez em rede nacional de televisão na Venezuela.

Deixe seu comentário

Leia também...

Eleições no Chile: A “Frente Ampla” se apresenta no primeiro turno das eleições presidenciais.

Escrito por Carlos Hernán As eleições do dia 19 de novembro no Chile mostraram uma …