Início / Luta de Classes | Ver Mais / A luta em São Bernardo do Campo por avanços na área cultural

A luta em São Bernardo do Campo por avanços na área cultural

No último dia 22/11, um grupo de trabalhadores e simpatizantes da cultura de São Bernardo do Campo, entregou uma carta de reivindicações ao Secretário de Cultura da cidade, Oswaldo de Oliveira Neto.

No último dia 22/11, um grupo de trabalhadores e simpatizantes da cultura de São Bernardo do Campo, entregou uma carta de reivindicações ao Secretário de Cultura da cidade, Oswaldo de Oliveira Neto.

A carta, elaborada e apoiada por artista do circo, do teatro de rua, da música, pesquisadores e demais simpatizantes, reivindica mais verbas públicas para cultura e programas de intercâmbio, além de pedir a criação de uma Escola Livre de Circo e a legalização do uso de parques e praças públicas para apresentações artísticas e o uso do chapéu para recolhimento de contribuições voluntárias.

O Secretário de Cultura, Neto, recebeu a comissão e se comprometeu a discutir estes e outros pontos em uma próxima reunião já agendada para o dia 6 de dezembro.

A comissão presente na reunião discutiu encaminhamentos para a construção de um Fórum Aberto de Cultura e Arte. Um passo importante para avançar na organização e mobilização de jovens e trabalhadores interessados em lutar por melhorias na área cultural da cidade. Reproduzimos abaixo, na íntegra, a carta entregue na reunião e as primeiras adesões.

****************************************

CARTA À PREFEITURA DE SÃO BERNARDO DO CAMPO

Entendemos que a situação da cultura em nossa cidade necessita de maior atenção por parte do poder público.

Nos dirigimos aos senhores, Prefeito de São Bernardo do Campo, Secretário de Cultura e demais autoridades competentes para expor algumas demandas que sentimos como necessárias para que haja um significativo avanço nas políticas públicas para cultura em São Bernardo do Campo. Políticas que contribuam tanto para melhores condições na produção e formação artística, quanto para o maior acesso à arte por parte de toda a população.

Seguem as reivindicações que esperamos ter como realidade o mais breve possível:

– Mais verbas públicas para a cultura

– Fomento para todas as artes

– Retorno dos editais culturais como VAI e Residência Artística;

– Ampliação dos editais culturais como bolsas de intercâmbio;

– Ampliação dos editais de ocupação de equipamentos culturais e demais áreas públicas;

– Decreto de lei que regulamente a apresentação artística em espaços públicos e a utilização do “chapéu” para recolhimento de contribuições espontânea do público

– Pela implantação de uma Escola Livre de Circo em São Bernardo do Campo.

 

Apoiam essas reivindicações:

– Hélio Gonçalves Costa – artista circense – Trupe 5 sem Lona e ONG Pró Circo

– Sebhastian Silveri – Poeta, Compositor e Cantor. Residente em SBC. 

– David Zamory, militante da Juventude do PT de SBC

– Alex Minoru – arte-educador e militante do PT de SBC

– Edson Luiz Silva Neves – Artista Circense – Grupo Sodaclownstica

– Mozart Faggi – músico desde 1977 em SBC htt://mozartfaggi.blogspot.com

– Cristiane Santos Cia. As Marias – cia.asmarias@gmail.com

– Rafael Saad Fernandez – pesquisador na área de Economia Criativa

– Cibele Mateus – atriz e educadora – Cia.As Marias e Núcleo Manjarra

– Eduardo do Amaral Marques – artista, produtor artistico, trupe 5 sem lona, Coletivo Cirqueria, ONG Pro Circo

– Carolinne Haylem Manalischi Costa – artista circense, trupe 5 sem Lona

– Meyriane Flippe de Castro – palhaça, atriz, 5 Sem Lona, SodaClownstica

– Fran Marinho – palhaça,Circo do Asfalto

– Marcilio Moura – Artista Circense

– Suzi Vieira – artista circense, produtora

– Amanda dos Santos Couto – Artista Circense autônoma

– Ismael Trabuco – Performer // Plexo, Taboarte

– Daniel Bertoncello Aponi – artista, Coletivo Cirqueria

– Rodrigo Rodrigues – artista

– Mariana França – atriz

– Otavio Fantinato – artista plastico e artista circense

– Rafael Santos de Barros – Exército Contra Nada – Palhaço

– Monique Franco – Palhaça, fabulosa trupe de variedades

– Leon Silva Zoccaratto – Artísta independente

– Lucas Fontana

– Daniele Pimenta – Atriz, professora e pesquisadora

– Edu Silva – Produtor e presidente do consorte

– Douglas Marinho – Artista circense e fundador da cia Circo do Asfalto

– Carla Jarra

– Izadora Guets

– Ailyn Ramirez – artista circense, dançarina

– Fernando Proença – artista circense e músico

– Brunna Mayernyik – Artista circense autônoma

– Rita Masini – Produtora Cultural

– Saulo de Tarso Couto Costa – Tatuador, desenhista

 

Deixe seu comentário

Leia também...

Livraria Marxista exibe “O Jovem Marx”, humano e coerente com o método dialético

Dispostos no chão e em cadeiras no auditório da Livraria Marxista, cerca de 30 pessoas …