Início / Teoria / 95 anos do discurso de Lênin na abertura do congresso de fundação da Internacional Comunista

95 anos do discurso de Lênin na abertura do congresso de fundação da Internacional Comunista

Por solicitação do Comitê Central do Partido Comunista russo, inauguro o primeiro Congresso Internacional.  Antes de mais nada, pelo que honrem a memória dos melhores representantes da III Internacional, Karl Liebknecht e Rosa Luxemburgo.

Por solicitação do Comitê Central do Partido Comunista russo, inauguro o primeiro Congresso Internacional.  Antes de mais nada, pelo que honrem a memória dos melhores representantes da III Internacional, Karl Liebknecht e Rosa Luxemburgo.

Camaradas, nosso Congresso reveste-se de uma grande importância na história mundial.  Ele demonstra o fim de todas as ilusões da democracia burguesa.  A guerra civil se transformou num fato, não só na Rússia, mas nos países capitalistas mais desenvolvidos, por exemplo a Alemanha.

O povo percebeu a grandeza e a importância desta luta.  Tratava-se de encontrar a forma prática quer permitisse ao proletariado exercer sua dominação.  Esta forma é o regime dos Sovietes com a ditadura do proletariado.  A ditadura do proletariado; essas palavras eram “latim” para as massas até nossos dias.  Agora, graças ao sistema dos Sovietes, esse latim se traduziu para todas as línguas modernas; a forma prática da ditadura foi encontrada pelas massas populares.  Ela se tornou inteligível para a grande massa de operários graças ao poder dos Sovietes na Rússia, aos espartaquistas da Alemanha, às organizações análogas nos outros países, como Shop Stewards Committes na Inglaterra.  Tudo isso prova que a forma revolucionária da ditadura do proletariado foi encontrada e que o proletariado está em ação para exercer de fato sua dominação.

Camaradas!  Penso que depois do que aconteceu na Rússia, depois dos combates de janeiro na Alemanha, importa sobretudo observar que a nova forma do movimento do proletariado se manifesta e se amplia também nos outros países.  Hoje, li num jornal inglês antissocialista um telegrama anunciando que o governo inglês recebeu o soviete de delegados operários de Birmingham e prometeu-lhe reconhecer os Sovietes como organizações econômicas.  O sistema soviético conseguiu a vitória não apenas na Rússia atrasada, mas também no país mais civilizado da Europa: a Alemanha, e no mais antigo país capitalista:  a Inglaterra.

A burguesia pode maltratar; pode também assassinar milhares de operários – mas a vitória é nossa, a vitória da revolução comunista mundial está assegurada.

Camaradas,

Em nome do Comitê Central desejo cordialmente que sejam bem-vindos.

Deixe seu comentário

Leia também...

Espártaco: um verdadeiro representante do proletariado da Antiguidade

No primeiro século antes de Cristo, um escravo chamado Espártaco ameaçou o poderio de Roma. …