Início / Artigos / Outras Análises | Ver Mais / Juventude / 55º CONUNE: A liberdade é nossa meta, a luta é nosso método!

55º CONUNE: A liberdade é nossa meta, a luta é nosso método!

Acontece em Belo Horizonte (MG), entre os dias 14 e 18 de junho, o 55º Congresso da União Nacional dos Estudantes. A situação econômica em que o mundo se encontra – o Brasil atingiu o recorde de 14,2 milhões de desempregados – tem colocado os trabalhadores e a juventude em luta pela manutenção de seus direitos. Questionamos o capitalismo, suas podres instituições e seus governos.

A resistência está sendo construída em cada escola, universidade e local de trabalho, nos atos locais. As ocupações contra a Reforma do Ensino Médio, demonstraram a combatividade da juventude, mas também evidenciaram que, se o movimento se isola, diminui e não arranca a vitória necessária. As reformas que devem ser freadas, impostas por Temer com aprovação do Congresso Nacional, precisam ser combatidas com organização nacional.

É por isso que Liberdade e Luta vai ao CONUNE. No maior encontro de estudantes do ensino superior do Brasil, reunindo mais de 10 mil jovens, defenderemos que a UNE retome suas bandeiras históricas. Lutar por vagas para todos na educação pública, em todos os níveis, era um dos princípios na refundação da UNE, em 1979, que foi abandonado pela direção há décadas. Mais recentemente, o que vemos é uma política de defesa dos governos petistas, tentando propagandear que cotas, ProUni e FIES resolveram os problemas da juventude.

Sabemos que nossos problemas são muitos. Portanto, a atual direção da UNE freia o movimento estudantil, ao invés de estar com a juventude nas ruas. Onde estava a UNE, por exemplo, na marcha a Brasília do último dia 24?

Nossa próxima tarefa é a construção da nova Greve Geral convocada para dia 30 de junho. Não são paralisações de 24 ou 48 horas que queremos. Precisamos de uma greve até que todas as reformas sejam retiradas. Não aceitaremos contrarreformas que diminuem nossos direitos. Por isso, vamos derrubar Temer, o Congresso e colocar em seu lugar um Governo dos Trabalhadores, que pare de pagar a dívida aos banqueiros e invista todo o dinheiro necessário para garantir educação, transporte e emprego às atuais e futuras gerações. Ao combate!

Deixe seu comentário

Leia também...

Por que a juventude precisa defender a revolução venezuelana?

Há um grande esforço da mídia em distorcer os acontecimentos na Venezuela, que é um …